3 passos para pesquisa de multas e pontos na CNH dos condutores de sua frota - XMultas Blog

Acompanhar as infrações de trânsito cometidas pelos motoristas da empresa é fundamental para renovar o Certificado de Licenciamento Anual (CRLV) e andar com a situação sempre regularizada. Nesse sentido, a pesquisa de multas é uma tarefa que precisa ser realizada frequentemente por um responsável pelos veículos.


Além disso, a pontuação na CNH dos motoristas é outro ponto que merece atenção para que a empresa não sofra com a suspensão da habilitação que pode resultar em novas multas e déficit de colaboradores na frota.


Para te ajudar, neste artigo vamos mostrar os 3 passos fundamentais para o correto gerenciamento dessa parte burocrática do negócio. Quer saber tudo o que acontece com a documentação da sua frota? Então siga com a leitura!

1. Entenda a diferença entre os tipos de notificação

Antes de iniciar a pesquisa por multas e pontos na CNH dos condutores de sua frota, é importante saber que existem diferenças entre a notificação de autuação e a notificação de penalidade. Assim, conheça as características de cada uma delas:

Notificação de autuação

Refere-se ao conhecimento da infração. Ou seja, ainda não é efetivamente a multa de trânsito para pagamento, mas sim o momento em que você toma conhecimento do ocorrido e da sanção pecuniária que está por vir.


Essa notificação é importante, uma vez que dá ao suposto infrator o direito de apresentar uma Defesa Prévia — que é a primeira oportunidade para contestar a autuação de trânsito.

Notificação de penalidade

Corresponde à aplicação da multa propriamente dita. Já vem com o boleto bancário e, portanto, representa o pagamento da multa e a soma de pontos na CNH do infrator acontece nesse momento. Ao receber uma notificação de penalidade, você ainda poderá apresentar o Recurso em 1ª Instância e, em caso de improcedência desse recurso, também em 2ª Instâncias.


Em outras palavras, podemos dizer que a notificação de autuação serve para que você fique ciente a respeito da infração cometida. Enquanto que a notificação de penalidade já apresenta o valor que deve ser pago por essa infração.

2. Saiba como fazer a pesquisa de multas e pontos na CNH

Agora que você já conhece os tipos de notificações, veja, a seguir, quais são os meios disponíveis e como proceder para a pesquisa de multas e pontos na CNH:

Pelo site do Detran do seu Estado

Os links e o procedimento para consulta de multas pelos sites do Detran variam de acordo com o Estado de registro do veículo. Assim, separamos os mais consultados e elaboramos um passo a passo específico para facilitar o seu trabalho, basta selecioná-lo abaixo:


Pelo site da Polícia Rodoviária Federal

Outra forma de consultar em um só lugar as multas que não foram pagas na sua frota é por meio do site da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ao acessar a página, você pode fazer a solicitação do "Nada Consta", que traz informações sobre a situação de cada veículo para casos de desobediência ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).


Ao identificar a infração no site da PRF, você poderá imprimir o boleto para efetuar o pagamento da multa — se não couber o recurso, é claro.


É importante frisarmos que os autos de infração são incluídos no site da PRF até 30 dias após a ocorrência do descumprimento ao CTB. Portanto, o veículo pode ter sido autuado nos 30 dias anteriores à consulta e ainda não constar a infração no banco de dados do sistema.

Por meio de órgãos de trânsito

Uma multa pode ser aplicada por diferentes órgãos de trânsito, que fazem a fiscalização de acordo com o tipo da via (municipal, estadual ou federal). Veja o órgão responsável por cada uma delas:


  • vias urbanas (municipais): Guarda Municipal, Detran e o órgão executivo de trânsito municipal;

  • rodovias estaduais: Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e o Detran;

  • rodovias federais: Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).


Aqui, apresentamos de forma resumida as competências de cada órgão. Se você quiser aprofundar neste assunto, basta consultar a Resolução Nº 66/1998 do Conselho Nacional de Trânsito, que detalha a atuação de Estado e Municípios.


É importante esclarecermos que as informações sobre as multas não são centralizadas. Portanto, cada consulta precisa ser realizada no órgão competente pela autuação.

Presencialmente

A pesquisa de pontos na CNH pode ser feita presencialmente em uma unidade do Detran de sua cidade. Mas é preciso ficar atento a essas condições:


  • consultar a situação da sua própria CNH: basta apresentar uma cópia da habilitação e do documento do veículo;

  • consultar a situação da CNH de um parente próximo: deve levar uma cópia da CNH do parente com um comprovante de parentesco (válido para pais, filhos, cônjuges e irmãos) e uma cópia do documento do veículo.


De fato, essa não é uma boa solução para quem gere uma frota — mesmo que pequena. Isso porque a consulta de pontos na CNH presencial não permite que seja feita a análise de diversos motoristas da empresa de uma só vez. Uma alternativa a isso pode ser a utilização do aplicativo Autocheck do Detran ou por meio de uma plataforma que notifique as multas e pontos na CNH em tempo real — falaremos mais sobre isso, no próximo tópico.


Cabe ressaltarmos que é importante ter a CNH do condutor e os documentos de cada veículo da frota em mãos, independentemente do meio de consulta que for mais conveniente para você.

3. Veja como reduzir a burocracia e economizar tempo

A essa altura, você já deve ter percebido que fazer um acompanhamento constante das multas e pontos na CNH de todos os motoristas da frota é uma tarefa que exige tempo e disciplina, não é mesmo?


Para facilitar o trabalho, você pode recorrer a uma plataforma que disponibilize o controle dinâmico de todas as multas, pontuações e toda o restante dessa parte burocrática relacionada à frota da empresa.


Por meio da tecnologia, ela centraliza as informações e permite que você faça o acompanhamento em tempo real. Assim, você terá mais tempo hábil para tomar decisões com foco no que realmente importa para o seu negócio.


Por fim, tenha em mente que o responsável pelo pagamento das multas dos veículos da empresa e pelas consequências administrativas resultantes da infração é o proprietário do veículo, e não o motorista contratado. Portanto, acompanhe sempre a situação da sua frota para evitar surpresas desagradáveis que podem comprometer o andamento do negócio.


Gostou deste artigo? Já sabe como fazer a pesquisa de multas e pontos na CNH da sua frota? Então leia o nosso texto que mostra como recorrer de multas sem advogado ou despachante!

tags: gestão de multas, gestão de pontos, pontos na cnh


Comentários: