7 dicas de direção defensiva para evitar multas na sua frota - XMultas Blog

Direção defensiva é importante e deveria ser uma prioridade em qualquer frota. Ter conhecimento dessas técnicas pode ser o diferencial entre sofrer ou evitar uma multa, e, até mesmo, um acidente de trânsito.

De fato, o menor descuido ou imprudência ao volante pode resultar em prejuízos financeiros, desgaste para a imagem do negócio e vítimas fatais. Para ficar livre desse tipo de problema, hoje você vai ver 7 das principais dicas para uma condução mais responsável na sua empresa.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura.

1. Dirija sempre com cinto de segurança

Parece algo banal e que todos da frota já sabem, porém, é necessário reforçar que muitos motoristas deixam de lado essa proteção — seja por desconforto ou simplesmente por acharem desnecessário —, o que é um grave erro!

O cinto de segurança é fundamental, tanto para não sofrer multas quanto para evitar maiores danos em casos de acidentes.

Em primeiro lugar, colocar o cinto é algo simples. Mas, se negligenciado, pode gerar multas pesadas, que acrescentam 5 pontos na carteira (CNH) do condutor, fora um valor em dinheiro para ser pago. Além disso, o artefato também diminui em, no mínimo, 40% o risco de morte em um acidente automotivo.

2. Conserte a postura

Pode parecer estranho à primeira vista, mas a postura correta pode ser o divisor de águas entre a direção segura e um acidente. Dirigir desconfortável ou com o corpo em uma posição incorreta reduz o tempo de reação, prejudica o campo de visão e coloca outras pessoas em risco na via.

O grande problema nas frotas é o excesso de carga que, muitas vezes, lotam todos os espaços disponíveis no veículo — e até obrigam o motorista a mudar a posição do seu banco. Para curtos trajetos, essa situação já é arriscada. Para trajetos longos, ela precisa ser evitada a todo custo.

O ideal é manter a coluna em um ângulo próximo a 90 graus. Além disso, os braços e pernas devem estar levemente dobrados.

Tenha em mente que não estamos falando somente do conforto de seus colaboradores — o que é muito importante. Mas sim de uma questão que envolve sérios riscos de acidentes e prejuízos para o negócio. Para esse caso, lotar o carro pensando na “economia do frete” pode acabar saindo muito caro para o caixa da empresa.

3. Familiarize-se com o veículo

Se você já trocou de carro alguma vez, sabe como é importante ter algum tempo para se acostumar com o novo patrimônio — seja pela mudança de marchas que tem uma pegada diferente, pela pressão dos pedais, direção mais firme e por aí vai.

Agora imagine em uma fronta em que a renovação é frequente e a variedade de veículos costuma ser grande. Nesse sentido, é importante que os motoristas peguem familiaridade com os automóveis. Isso não significa que cada colaborador tenha que dirigir sempre o mesmo carro. Ao contrário disso, é importante que eles estejam acostumados com toda a frota para eventualidades — como veículos em manutenção, demandas que exigem um automóvel com maior volume de carga etc.

Se os motoristas tiverem familiaridade com os veículos, eles saberão exatamente a posição correta do retrovisor para evitar pontos cegos. Além disso, ficarão atentos ao funcionamento da embreagem, faróis, volante e todos os componentes do carro.

Ter costume com o automóvel é uma questão fundamental para dirigir de forma defensiva, evitar multas e manutenções frequentes.

 4. Invista em cursos e palestras de direção defensiva

Quem melhor para falar sobre direção defensiva do que um especialista, não é mesmo? Organizar um curso ou palestra sobre o tema dentro da sua empresa pode ser a prática ideal para evitar multas e acidentes.

O recomendado é trazer uma pessoa que saiba falar bem de:

  • vícios no trânsito;
  • condutas ideais ao volante;
  • o quanto as más práticas do motorista podem resultar em perda de dinheiro para a empresa.

Dessa maneira, o problema é exposto a todos. E isso ajuda os motoristas a verem o quanto seus hábitos são prejudiciais para os resultados do negócio e para as outras pessoas no trânsito.

Pegue um dia dos seus motoristas para que aprendam sobre o assunto por meio de treinamentos e convide um bom especialista para ir até a sua empresa, sem dúvidas isso fará toda a diferença.

5. Fique atento às leis de trânsito

Alguma vez você tomou uma multa e se assustou por não saber que aquilo era ilegal? Então saiba que os motoristas da sua frota já podem ter tido o mesmo questionamento. Tenha em mente que o  desconhecimento das leis de trânsito pode gerar um alto custo para a empresa.

Oriente seus funcionários e crie uma cultura positiva com os veículos nas ruas. Dirigir dentro do limite de velocidade e nas vias corretas, manter distância de segurança para o veículo da frente e ter atenção aos cruzamentos são algumas das dicas que devem ser repassadas aos condutores.

6. Realize manutenções regularmente

É imprescindível que os veículos estejam sempre com as suas manutenções em dia, afinal, uma pequena falha em qualquer dos apetrechos pode causar problemas muitos maiores. Caso alguma parte do veículo esteja avariada e um agente de trânsito perceba o problema, por exemplo, o condutor receberá uma multa — que poderia ser facilmente evitada. Inclusive, o valor costuma ser maior do que custaria para reparar o veículo.

O ideal é realizar as manutenções de forma frequente, entre um período de 15 dias, para que não aconteça nenhum imprevisto.

7. Mantenha o foco na condução

Motoristas de frotas costumam passar muitas horas do dia ao volante. Se, por um lado, isso traz experiência e segurança na condução, por outro, a rotina resulta em uma série de distrações.

Para evitar acidentes por desatenção, instrua cada colaborador a:

  • não utilizar o celular enquanto dirige,
  • não conversar excessivamente ao volante;
  • desligar o som para ter maior atenção aos barulhos da via.

Todos essas práticas configuram em um processo de conscientização para a condução responsável que pode evitar prejuízos financeiros e até salvar vidas.

Hoje, você aprendeu algumas dicas sobre direção defensiva. Gostou do conteúdo? Então curta a nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter, Instagram e LinkedIn para ficar por dentro de outras novidades!

tags: direção defensiva


Comentários: