Aplicativo detector de radar: entenda como funcionam e se é legal utilizar para fugir de multas! - XMultas Blog

Se você está ligado na internet, certamente, já ouviu falar de algum aplicativo detector de radar. Porém, apesar de serem muito úteis na hora de evitar multas, alguns motoristas ficam estressados só de pensar em infringir regras de trânsito e sofrerem consequências ainda maiores.

Mas, não se preocupe! Se esse é o seu caso, saiba que se manter bem informado sobre o assunto é um verdadeiro divisor de águas. Assim, além de evitar débitos desnecessários, ainda se torna fácil usar a tecnologia como uma aliada no momento de otimizar o dia a dia ao volante.

Quer saber mais? Vamos tirar todas as suas dúvidas em relação aos aplicativos que avisam sobre os radares nas vias. Acompanhe:

Como funciona o aplicativo detector de radar?

Hoje em dia, com tantas facilidades tecnológicas, contamos com a ajuda do celular em praticamente tudo, não é mesmo? Diante disso, os aplicativos detectores de radares foram desenvolvidos para informar o posicionamento dos dispositivos nas vias e evitar que você seja pego de surpresa.

Sem contar que a ideia também envolve reduzir o número de acidentes, já que o motorista tem mais tempo para tirar o pé do acelerador após ser alertado sobre a presença do aparelho fiscalizador mais à frente.

Esse tipo de aplicativo costuma trabalhar em conjunto com unidades detectoras de radares que se conectam ao smartphone em tempo real. Conforme o trajeto solicitado avança, o sistema de informações usa o GPS para calcular a velocidade em que o condutor está em comparação com o limite permitido.

Usar o aplicativo é considerado ilegal?

Para que você compreenda a legalidade de usar o aplicativo de radar, é preciso conhecer as regras sobre fiscalização. Segundo o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), existem quatro tipos de dispositivos que monitoram limites de velocidade: móvel, fixo, estático e portátil.

Cada um deles atua de maneira diferente, com o objetivo de manter a segurança nas vias e não apenas arrecadar dinheiro dos descuidados — como muitos pensam. Por este motivo, a Resolução N°396/11 do CONTRAN determina que os radares fixos e móveis devem ficar obrigatoriamente em locais visíveis.

Ou seja, o condutor pode receber a informação sobre eles com antecedência sem nenhum problema. Já em relação aos outros modelos de dispositivos, a lei não apresenta especificações sobre a visibilidade. Portanto, as multas precisam ser questionadas e o motorista não será punido por usar o aplicativo.

Polêmica envolvendo o Waze

Em meados de 2015, o aplicativo Waze causou uma grande polêmica entre os órgãos fiscalizadores por informar aos usuários sobre barreiras policiais no trajeto. Com isso, os motoristas que conduzem o veículo depois de consumir bebida alcoólica conseguiam desviar de blitzes com facilidade.

Na época, a comissão da Câmara dos Deputados aprovou com unanimidade o parecer do projeto de Lei 5596/13 que proíbe o uso de aplicativos e redes sociais que possam alertar sobre o trabalho da polícia nas estradas. Porém, por conta do término do mandato do parlamentar responsável, a situação está parada sem previsão de retorno.

Saiba que essa discussão envolve apenas as notificações sobre a blitz de lei seca ou qualquer outra ação de autoridades competentes nas vias. Até o momento, o uso da tecnologia na detecção de radares não é citada no projeto e permanece sendo completamente legal.

Quais aplicativos sinalizam os radares?

Como forma de se proteger de infrações, você precisa contar com aplicativos dinâmicos que repassam informações confiáveis. Além do Waze, que já ultrapassou 3 milhões de usuários apenas na cidade de São Paulo, existem ainda outras opções que servem tanto para smartphones com sistema iOS quanto para Android.

Confira, a seguir, os aplicativos mais usados para detectar os radares:

Radarbot

O serviço é gratuito e conta também com velocímetro. Sua principal função está em reportar ao usuário a presença de radares móveis nas vias por meio de um mapa completo da localização dos dispositivos em todo o seu trajeto.

Outro detalhe que faz muita diferença na hora de fugir de multas é a possibilidade de ser integrado a qualquer tipo de GPS, até mesmo ao Google Maps. Tudo isso, com um alerta sonoro enquanto o condutor está ao volante para ajudar a tomar as melhores decisões.

Sygic

Esse aplicativo serve como GPS enquanto detecta a presença dos radares nas vias. O grande diferencial está na precisão dos dados que trazem informações sobre o trajeto com foco nos limites de velocidade permitidos em cada trecho.

Além disso, ainda oferece um mapa em 3D que pode ser usado até mesmo quando o motorista fica sem internet no aparelho celular. Por contar com atualizações frequentes, se tornou um dos preferidos dos usuários na categoria de navegações.

Radar Droid Pro

Sua função é emitir alertas visuais e sonoros quando o carro se aproxima de algum radar fixo ou móvel cadastrado no banco de dados do aplicativo. Um ponto que costuma chamar muita atenção é que o serviço funciona também como pano de fundo do celular.

Isso permite que o condutor ouça músicas, veja vídeos ou use qualquer outro comando junto do Droid Pro. Porém, o usuário deve fazer atualizações frequentes para garantir que as informações transmitidas são confiáveis, pois a desativação de radares nas vias acontece quase que diariamente.

Existem outros aplicativos que ajudam a lidar com multas?

Como nem sempre é possível fugir das infrações, você precisa ficar por dentro do que pode evitar o acúmulo de débitos veiculares. Uma boa solução, nesse caso, está em contar com a ajuda do aplicativo de monitoramento de multas e documentos do XMultas, que permite acompanhar sua situação junto aos órgãos de trânsito.

Assim, ao receber uma notificação por excesso de velocidade em radar, por exemplo, fica muito mais fácil recorrer para cancelar a punição ou convertê-la em uma advertência. Tudo isso, com base em argumentos estruturados, personalizados ao seu perfil e com um processo que leva apenas 5 minutos para ficar pronto por meio da plataforma do XMultas.

Pronto! Agora você já sabe como o aplicativo detector de radar funciona. Lembre-se que usar a tecnologia a seu favor costuma reduzir consideravelmente o número de multas e aumenta a segurança ao volante. Afinal de contas, tudo o que serve para evitar infrações ajuda a conscientizar sobre boas práticas no trânsito de maneira eficiente.

Gostou das informações deste artigo? Então deixe seu comentário no post e nos conte sua experiência com radares!

tags: Aplicativo detector de radar


Comentários: