Saiba agora mesmo como calcular lucro do seu negócio! - XMultas Blog

Administrar uma empresa é uma responsabilidade repleta de erros e acertos. Um dos pontos que causam confusão para quem ainda está iniciando é entender como calcular lucro. A lógica parece simples: se você compra um armário por R$100 reais e vende por R$200, o ganho foi de 100%, certo? Não, está errado!

Acontece que o ganho de uma companhia não é medido apenas com base nos valores que entram. Isso porque, antes de quantificar a receita, é preciso descontar todas as despesas, que vão de luz ao frete do produto.

Embora pareça uma conta complexa, fica fácil calcular lucro de um negócio depois que você entende todos os conceitos. Pensando nisso, separamos alguns pontos importantes neste artigo. Confira!

Calcular lucro: conheça os três aspectos principais

Antes de conhecer, de fato, quanto o seu negócio fatura no final do mês, é importante se atentar para os seguintes conceitos:

Lucro

O lucro nada mais é do que o contrário de prejuízo, ou seja: é o retorno positivo de um investimento de qualquer natureza. A empresa, portanto, pode atuar em qualquer segmento e ter seus rendimentos graças à oferta de produtos ou serviços

Para entender corretamente seus gastos e ganhos é preciso ter em mente que existem dois tipos de lucro: bruto ou líquido.

O lucro bruto se limita apenas aos cálculos voltados para o produto ou serviço vendido. Por exemplo, se você tem uma confeitaria, vai precisar contabilizar todos os custos com ingredientes para fazer o bolo e diminuir do valor pelo qual o produto foi vendido.

Ou seja: se você gastou R$ 25 com ovos, leite, farinha etc. e vendeu o produto por R$ 80, teve um lucro bruto de R$ 55. A questão é que esse cálculo não leva em conta demais custos como gás, luz, transporte, folha de pagamentos, entre outros.

Nesse sentido, faz-se necessário, então, considerar o lucro líquido. Para calcular, pegue o valor obtido do bruto e subtraia despesas com, por exemplo, aluguel, materiais de limpeza, impostos, água, internet e todo e qualquer outro custo variável ou fixo. O valor obtido é líquido!

Lucratividade

Depois de levar todas as despesas em consideração, você precisa definir a lucratividade do negócio, ou seja, o percentual de margem de lucro da empresa. A lógica é a seguinte: (lucro líquido / receita total) x 100.

Imagine que você calculou que o seu lucro líquido ao ano é de R$10 mil e a receita total da corporação é de R$150 mil. Então, fica (10/150) x 100 = 6,6% de lucratividade.

É claro que quanto maior esse percentual, melhor, mas é preciso levar em conta também a média das outras empresas do mesmo segmento e também a expectativa do cliente. Afinal, não adianta aumentar o preço para o consumidor final a fim de ter uma lucratividade maior, se todos os produtos ficarem encalhados, certo?

Rentabilidade

Já a rentabilidade encara seu negócio como um investimento e é capaz de demonstrar a porcentagem de retorno do dinheiro investido inicialmente. O cálculo leva em conta o lucro líquido e um investimento determinado. Assim, a fórmula fica da seguinte maneira: (lucro líquido / investimento) x 100.

Entenda a importância do controle de finanças

Como viu acima, entender os conceitos corretamente é fundamental para  saber quanto seu negócio fatura no final do mês, mas há outro aspecto que é primordial para que o seu rendimento corresponda ao esperado: controlar as finanças.

Notou que são muitos os detalhes que influenciam na receita da empresa, certo? Isso, sem contar com a imprevisibilidade dos gastos variáveis. É justamente por isso que é importante acompanhar de perto todos os custos e procurar formas de economizar.

Isso significa reduzir gastos viáveis, como com funcionários, serviços, produtos, maquinários e assim por diante. Se seu negócio  depende de uma frota, por exemplo, uma boa prática é gerenciar multas e documentos. Para economizar tempo e dinheiro, você pode contar com uma plataforma de gestão.

Pronto! Agora você vai conseguir calcular lucro de empresas sem ter grandes problemas. Basta seguir o passo a passo dos cálculos e manter uma gestão eficaz para garantir os melhores resultados.

Agora que terminou a leitura, que tal entender a importância de acompanhar as infrações da frota em tempo real? Confira o próximo artigo!

tags: Calcular lucro da empresa


Comentários: