Causas de incêndio em carros: 4 dicas para evitar prejuízos na frota - XMultas Blog

Conhecer as principais causas de incêndios em carros é uma obrigação do gestor. De fato, quando o trabalho envolve uma frota comercial, qualquer pane elétrica pode colocar em risco a vida dos colaboradores e de terceiros. Sem contar que esse tipo de problema ainda traz prejuízos ao caixa da empresa por deixar os veículos inoperantes.

Mas não se preocupe! Ao criar um cronograma efetivo de manutenção e orientar corretamente sua equipe, as chances de ter um dano inesperado reduzem significativamente. Tudo depende da decisão de priorizar a segurança para melhorar a eficiência do serviço prestado e aumentar a confiança ao volante.

Quer saber mais? Vamos mostrar 4 dicas de como evitar prejuízos com fogo em sua frota. Acompanhe:

1. Tenha cuidado com a parte elétrica

Qualquer alteração na parte elétrica pode causar uma série de prejuízos. Isso porque cada tipo de carro possui suas particularidades e nem todos os mecânicos estão qualificados para lidar com problemas mais complexos nessa área.

O principal risco, de acordo com os bombeiros, está na instalação de novos acessórios, como os faróis auxiliares de LED, aparelhos de som ou ar-condicionado. Caso algo fique fora do lugar após a conclusão do serviço, os componentes originais do sistema interno tendem a entrar em curto.

Ou seja, como se trata de veículos corporativos, você deve redobrar os cuidados antes de autorizar mudanças — mesmo que acompanhadas integralmente por um profissional de confiança e o manual de instruções do fabricante.

2. Priorize a manutenção

A falta de manutenção é uma das principais causas de incêndio em carros. Os modelos mais vulneráveis são os fabricados há mais de 15 anos por conta do ressecamento das peças na passagem do combustível. Com o desgaste natural ao longo do tempo, a própria vibração do motor impulsiona vazamentos em vários pontos do sistema interno.

Diante disso, faça um cronograma de vistoria regular em sua frota para garantir a segurança dos colaboradores e a eficiência nas entregas. Só assim se torna mais simples resolver uma potencial falha antes que ela cresça com proporções de causar acidentes. Além disso, o controle rigoroso da situação dos carros reduz gastos desnecessários e evita que fiquem parados na oficina.

3. Desconfie de qualquer cheiro

Muitas vezes, na correria do dia a dia, os motoristas costumam ignorar cheiros estranhos no veículo por medo de atrasar o cronograma de trabalho. A sua função, como gestor, é orientá-los a reportar qualquer sinal que possa resultar em incêndios.

Saiba que essa regra interna funciona como uma importante medida de segurança — já que as falhas mecânicas devem ser investigadas pela empresa rapidamente. Uma boa dica, nesse caso, é ressaltar que o ponto mais comum de vazamento de gasolina pode ser avaliado ainda durante o trajeto.

Basta procurar por conexões que indiquem a origem do problema, como o filtro de combustível, o reservatório de partida frio e as mangueiras de alimentação. Ao ter uma noção básica de reparos, o colaborador consegue identificar quando existe a necessidade de chamar ajuda especializada.

4. Ensine a usar o extintor

Pode até parecer óbvio, à primeira vista, mas muitos motoristas não sabem como usar o extintor de incêndio na prática. No momento em que o fogo surge, o desespero toma conta e fica bastante difícil se lembrar das instruções de segurança. Por isso, tenha em mente que é preciso agir com rapidez para evitar que as chamas se propaguem.

O grande diferencial na hora de preparar sua equipe está em promover situações práticas em que o extintor possa ser utilizado. Com treinamentos efetivos na frota, fica muito mais simples saber o que fazer durante o ápice da tensão e preservar de maneira cautelosa tanto o bem-estar pessoal quanto o patrimônio da empresa.

Pronto! Agora você já sabe como evitar as principais causas de incêndio em carros. O melhor caminho para garantir a segurança e não perder dinheiro com prejuízos é apostar em manutenção frequente. Com essa estratégia em destaque no planejamento, certamente, os veículos de sua empresa oferecem um risco menor de acidentes em longo prazo.

Gostou das informações deste artigo? Então leia também sobre como economizar com as multas da frota.

tags: Causas de incêndio em carros


Comentários: