Check list viagem de carro: o que verificar antes de pegar estrada? - XMultas Blog

Fazer um check list viagem de carro não é uma tarefa fácil. De fato, são muitos detalhes que devem ser revisados para evitar problemas na estrada. O segredo do sucesso, nesse caso, está em montar uma organização eficiente e fugir das soluções de última hora que sempre terminam em situações de risco.

Dentro desse contexto, comece a avaliar seu carro com, no mínimo, uma semana de antecedência. Assim, se alguma peça precisar ser substituída, você consegue encontrar um bom preço no mercado especializado e ainda estudar os melhores trajetos.

Quer saber mais? Vamos mostrar tudo o que deve ser verificado antes de viajar. Acompanhe:

Parte elétrica

Na hora de cair na estrada, a parte elétrica do carro precisa estar em dia para que a viagem não se torne uma grande dor de cabeça. Afinal de contas, um problema desse tipo pode ser resolvido facilmente quando identificado com antecedência.

Tenha em mente que o melhor caminho é verificar cada detalhe antes que qualquer falha se torne capaz de causar acidentes. O sistema de iluminação do veículo, por exemplo, garante a segurança nas estradas, sinaliza a frenagem, a mudança de seta e proporciona boa visão em dias de chuva.

A verificação do sistema costuma ser bastante simples. O próprio motorista consegue realizar a vistoria apenas com o manual do carro em mãos. No entanto, caso algo precise ser substituído, um mecânico de confiança deve ser consultado.

Bateria

Qual foi a última vez que você verificou a bateria do carro? Saiba que ela tem validade e precisa ser checada uma vez por ano. Segundo especialistas, o seu tempo de duração normalmente é de 2 a 3 anos, porém, pode cair pela metade quando o dono do veículo não toma os devidos cuidados, como deixar os acessórios ligados sem necessidade.

O ideal é que tudo esteja 100% antes de encarar a estrada, pois a bateria possui a função de armazenar energia para fazer o veículo funcionar. Uma boa dica envolve fazer testes que ajudam a identificar possíveis problemas.

Ligue o automóvel pela manhã e avalie se existe alguma demora ou dificuldade de funcionar. Nesse momento, fique atento aos sinais do veículo! Quando qualquer problema for identificado, torna-se necessário fazer um teste de carga de bateria com um profissional.

Combustível

Rodar com combustível adulterado é uma ameaça constante ao funcionamento do veículo. Isso porque o acúmulo de carbono nas válvulas e na parede dos cilindros, em casos mais extremos, tende a danificar as peças. E não pense que os motoristas conseguem ir muito longe com gasolina adulterada.

Pouco tempo depois de sair do posto, já se torna possível ver os primeiros sinais de problemas. Entre os principais estão engasgo e falta de força no momento da partida. Dessa maneira, se você tem um posto de confiança, inclua nos afazeres pré-viagem o abastecimento do tanque completo e uma revisão das principais funções.

Cinto de segurança

Ainda que seja uma obrigatoriedade na legislação de trânsito, a função do cinto de segurança é salvar vidas. Ou seja, mantê-lo funcionando corretamente ajuda a evitar multas e protege todos os ocupantes do carro caso aconteça alguma colisão ou freada brusca.

Antes de tudo, confira se o mecanismo de rolagem automática está funcionando em todos os bancos, especialmente nos de trás, que são menos usados. Outra questão importante envolve verificar se o cinto se prende de maneira correta. Pode até parecer óbvio em um primeiro momento, mas muitas pessoas costumam deixar apertado demais próximo ao rosto.

Saiba que essa prática equivocada reduz a eficácia por deixar partes importantes do peitoral desprotegidas. A forma correta, no entanto, é deixá-lo plano, entre o ombro e rente ao corpo. Além disso, para garantir a tranquilidade da viagem, também se torna necessário ter atenção especial com a instalação da cadeirinha quando existe criança no carro.

Caixa de ferramentas

Não importa qual seja a distância de sua viagem, ter uma caixa de ferramentas no carro é indispensável para o sucesso do motorista. O motivo é que quando existe a necessidade de pequenos reparos na estrada, você precisa resolver tudo o mais rápido possível. Imagine só o transtorno de chamar um mecânico no meio da rodovia?

Além de ser duas vezes mais caro, ainda existem riscos de ficar esperando no acostamento por muito tempo. Sendo assim, monte um conjunto completo com tudo o que pode ser necessário em momentos de aperto. Veja, abaixo, sugestões do que deve ter na caixa de ferramentas:

  • alicate;
  • chave de fenda;
  • chave Philips;
  • lanterna;
  • chave de roda;
  • estepe;
  • macaco;
  • triângulo.

Saúde do motorista

De nada adianta deixar o carro em dia se você descuidar da própria saúde. Pegar a estrada sem se alimentar ou dormir bem pode ser bastante arriscado. Em consequência disso, procure dormir 8 horas na noite anterior e comer alimentos leves que aumentem a energia. Estude também o melhor trajeto para fazer um roteiro de paradas estratégicas de descanso.

Caso a viagem seja longa, o mais indicado é revezar o volante com outro motorista com a intenção de evitar sobrecargas. Por último, verifique se existem locais com banheiros e possibilidade de alimentação.

Assim, fica muito mais simples definir onde fazer as pausas sem perder tempo na estrada. E por falar nisso, não se esqueça de verificar as cobranças de pedágio ao longo do trajeto e a possibilidade de utilizar tags eletrônicas para otimizar o pagamento.

Documentação do carro

As pendências veiculares são um transtorno para os motoristas. Por isso, antes de viajar verifique a documentação do carro junto aos órgãos de trânsito como forma de garantir que tudo está dentro das exigências. A lista de checagem, nesse quesito, tende a ser bastante extensa, já que são inúmeras taxas tanto do veículo quanto da habilitação.

Como uma maneira de otimizar esse processo burocrático, você pode contar com a ajuda de um aplicativo de controle de multas que mostra a situação do veículo e todas as informações sobre os pontos em sua CNH de maneira dinâmica.

Ao ter esses dados em mãos, se torna mais simples planejar a viagem, anotar os gastos relacionados à manutenção do carro e ainda respeitar os limites de velocidade por conta do histórico de infrações anteriores. Mas não se preocupe! Caso aconteça algum deslize durante o trajeto, a nova multa também será acompanhada com a possibilidade de criar um recurso em apenas 5 minutos.

Pronto! Agora você já sabe como fazer um check list viagem de carro. O mais importante é levar em consideração que pegar estrada é uma situação arriscada e a segurança de todos no veículo deve ser sua prioridade. Só assim será possível manter as boas práticas no trânsito para chegar ao destino com sucesso.

Gostou das informações deste artigo? Compreendeu a importância de acompanhar a situação da documentação do motorista e do veículo junto aos órgãos de trânsito? Então baixe o aplicativo do XMultas no Google Play ou no App Store agora mesmo!

tags: Check list viagem de carro


Comentários: