4 dicas para dirigir em São Paulo e evitar acidentes ou multas de trânsito - XMultas Blog

São 8,6 milhões de veículos e pouco mais de 12 milhões de habitantes. Além dos números, a correria, impaciência e grandes congestionamentos tornam o ato de dirigir em São Paulo algo, no mínimo, desafiador.

Ao acrescentarmos as multas no cenário, a cidade pode virar um verdadeiro campo minado para os motoristas. Com radares que aplicam uma multa a cada 2 minutos, é preciso ter prudência e vigilância ou cada ida ao trabalho e passeio viram um risco também para o bolso.

Disposto a tomar alguns cuidados para diminuir as autuações e aumentar a segurança de todos? Então confira estas 4 dicas!

1. Respeite a velocidade e sinalização

São Paulo possui um dos melhores sistemas de sinalização do país. Porém, alguns motoristas insistem em não respeitá-lo. Convivemos com ultrapassagens proibidas, desrespeito aos cruzamentos, esquecimento da seta, filas duplas e outras infrações.

Fique atento e obedeça às regulamentações da via. Verifique a velocidade permitida, principalmente ao trafegar pelas marginais, onde esses números alteram constantemente. Confira o limite do trajeto antes de sair de casa ou acompanhe em tempo real pelo sistema de GPS.

Esse tipo de infração gera multas de R$130,16 a R$293,47, de acordo com o percentual de velocidade excedido. Além de colocar vidas em perigo, você corre o risco de somar até 7 pontos na CNH.

2. Acompanhe a operação do rodízio

O sistema de fiscalização eletrônica surgiu em 1997 e, com ele, veio também a implantação do rodízio na capital paulista. Desde então, parte da frota de carros deve deixar de circular entre 7h às 10h e 17h às 20h, conforme as placas seguir:

  • segunda-feira: com final 1 e 2;
  • terça-feira: com final 3 e 4;
  • quarta-feira: com final 5 e 6;
  • quinta-feira: com final 7 e 8;
  • sexta-feira: com final 9 e 0.

Se preciso, coloque um lembrete no celular ou anotação no volante para não tirar o carro da garagem no período. Embora todos tenham conhecimento da regra, esquecimentos podem acontecer, resultando prejuízo de R$130,16 e acréscimo de 4 pontos na CNH.

3. Fique atento ao corredores ao dirigir em São Paulo

São Paulo é conhecida como a “terra sem lei” dos motociclistas. Embora recebam multas como qualquer categoria, é comum vê-los pela cidade desrespeitando o Código de Trânsito, chutando retrovisores e cometendo outras atrocidades.

Muitos não concordam com a pilotagem entre carros, mas ela é realidade na metrópole. Confira os corredores de moto antes de mudar a faixa e, quando possível, dê passagem para evitar colisões. Uma batida desse tipo pode resultar em morte, danos aos veículos e dores de cabeça.

Já que o assunto é corredor, tome cuidado também com corredores de ônibus. Você pode ser multado por trafegar neles fora do horário permitido e a conduta de alguns motoristas de ônibus não são nada adequadas. Além disso, preste atenção à circulação de pedestres nas áreas de desembarque, evitando atropelamentos.

4. Gerencie seu carro e CNH por aplicativo

Trafegando em uma cidade tão complexa, é importante ter uma ferramenta que auxilia o gerenciamento das situações de trânsito, da CNH e das multas. Uma plataforma que reúna todas as informações do veículo pode agilizar sua rotina.

Instalando um app no celular, você controla e paga débitos veiculares (IPVA, licenciamento etc.), prepara recursos de multas com eficiência, consulta pontos da CNH, efetua o pagamento das infrações, cota seguro automotivo e outros serviços, sem precisar ir ao banco ou acessar diversos sites.

Guiar um carro em uma grande metrópole não é fácil. Entretanto, um trânsito seguro é responsabilidade de todos e devemos fazer a nossa parte. Com estas dicas, você vai dirigir em São Paulo com a cautela necessária para não estourar o orçamento com o acúmulo de multas.

Quais destas medidas você adota no seu dia a dia? Aproveite para acrescentar a última delas à sua lista, baixando o aplicativo do XMultas no seu Iphone ou celular android.

tags: Dirigir em São Paulo


Comentários: