Gerenciamento de frota: 4 dilemas de pequenas e médias empresas - XMultas Blog

Ser um bom gestor exige diversas competências, como organização, planejamento, espírito de liderança etc. Todos esses requisitos se fazem necessários em razão da complexidade que é administrar pequenas e médias empresas. Quando o assunto é gerenciamento de frota, também é preciso estar atento a uma série de questões. Você sabe quais são?

Muitas vezes, as operações não saem como o esperado e sequer entendemos o motivo exato. Para ajudar, separamos alguns dos assuntos mais relevantes na gestão de frota para você considerar e aprimorar.

Se você quiser sanar suas dúvidas sobre administração de frotas, continue conosco!

1. Escolher frota própria ou terceirizada?

Para decidir, a primeira coisa a ser feita é uma análise profunda dos serviços prestados pela empresa. Quantos deles necessitam de transporte? Qual é a intensidade de uso desse serviço? Além disso, quais são as especificidades da sua carga? Ela exige condições ou maquinários específicos?

Veja: quando a utilização de transportes é sazonal ou temporária, é possível que o mais vantajoso seja a contratação de uma terceirizada. Entretanto, se a sua empresa dependente mais fortemente de uma frota, como no caso de uma transportadora, ter a sua própria é o ideal.

Via de regra, as frotas próprias oferecem algumas facilidades, como entregas mais rápidas, melhor comunicação entre empresa e cliente, manuseio especializado de carga e maior familiaridade com as metas e diretrizes do negócio.

No entanto, esses não são os únicos critérios que determinarão a melhor escolha. Custos, operações, funcionários — tudo deve ser cuidadosamente colocado na ponta do lápis para identificar a melhor estratégia. E mesmo depois de ter tomado uma decisão, é essencial continuar monitorando e analisando se o plano escolhido é o mais vantajoso ou não.

Lembre-se ainda que há uma terceira possibilidade: a frota mista. Ou seja, você tem os seus carros e motoristas fixos capazes de dar conta da demanda habitual, mas em casos de emergência ou de maior procura, tem a ajuda de veículos terceirizados que completam a frota.

2. Como adequar a frota ao modelo de negócio?

Outra questão essencial é a adaptação da frota ao tipo de operação realizada pela empresa. Há uma infinidade de veículos disponíveis para o transporte de carga. O ponto crucial para escolha do mais adequado é a mercadoria.

Para evitar imprevistos, faça alguns questionamentos a si mesmo. Qual carga será transportada? Qual a intensidade do uso do veículo? Como são os percursos utilizados? As respostas destas perguntas lhe ajudarão a encontrar os modelos de veículos mais apropriados para a sua frota.

3. Qual a quantidade ideal de veículos?

Depois que você entender os modelos de veículos necessários para o negócio, vai precisar definir a quantidade ideal. É hora de usar toda a sua experiência de gestor para projetar os serviços que serão realizados com os carros e definir quantos deles serão necessários.

Esse cálculo varia de empresa para empresa. Se os veículos servirão para auxiliar nos processos, é preciso levar em conta as necessidades do estabelecimento. Agora, se a frota é o negócio em si, quem vai determinar a quantidade ideal são os clientes: quanto mais procura, mais carros.

4. Como administrar as multas no gerenciamento de frota

Multas é outro assunto que merece atenção no gerenciamento de frota. Monitorar todas as infrações é um trabalho árduo e isso não é novidade para ninguém, certo? É justamente por isso que existem plataformas especializadas nesse serviço.

Mas, será que contratar essa utilidade é a melhor opção? Se você precisa economizar, a resposta é sim. É que as plataformas especializadas disponibilizam todas as informações sobre multas das frotas em um único painel, economizando mais de 70% do seu tempo em comparação com o trabalho manual.

Elas também oferecem informações necessárias para evitar infrações, poupando 30% com burocracia, sem contar que permitem motoristas mais conscientes, proporcionando até 40% mais segurança.

Como vimos, a melhor forma de fazer o gerenciamento de frota é refletir sobre alguns problemas principais e pensar na melhor estratégia para resolvê-los. Além de conhecer com profundidade toda o negócio, contar com o serviço de uma empresa especializada também é uma boa forma de otimizar os processos.

O que você achou deste conteúdo? Faça um comentário e compartilhe sua opinião com a gente!

tags: Gerenciamento de frota


Comentários: