Hidratação de couro: mantenha o banco do seu carro como novo! - XMultas Blog

Para alguns motoristas, parte do cuidado com o carro inclui lavar no fim de semana, encerar e deixar tudo brilhando por fora. A questão é que nem sempre o interior do veículo recebe a mesma atenção. Limpar os bancos e fazer a hidratação de couro também precisa ser prioridade.

O que acontece é que o couro é chamado de tecido vivo. Na prática, isso significa que demanda cuidados adicionais para manter sua qualidade e durabilidade. 

E é sobre como fazer essa hidratação e cuidar do interior do seu veículo que vamos falar a seguir. Confira!

Como fazer a limpeza dos bancos

Você já viu um banco de couro com aspecto rachado e desbotado? Por mais que a ação do tempo tenha a capacidade de desgastar o material, essa é uma consequência direta da limpeza inadequada. A ausência de cuidados pode inclusive desvalorizar uma venda do usado no futuro. 

É natural que poeira, suor, tintura e até comida entrem em contato com os bancos diariamente. Por isso, antes de fazer a hidratação do couro, é importante passar uma esponja macia para retirar esses detritos.

Você pode usar sabão ou detergente diluído nessa etapa, para ajudar na remoção da sujeira. Uma escova mais áspera serve para as regiões mais difíceis de limpar.

Contudo, vale lembrar que não se deve fazer muita força ao esfregar os bancos — já que pode prejudicar o revestimento. Em casos de manchas muito profundas, não tente fazer a manutenção em casa, com produtos abrasivos. Nessa situação, é melhor buscar um profissional. 

Qual hidratante utilizar no couro do carro

Após a limpeza inicial, o ideal é usar uma toalha limpa e seca para preparar para a hidratação. E se você está pensando em usar o mesmo hidratante utilizado para a pele no seu banco, é melhor ir com calma.

Embora exista um boato de que se trata de uma opção mais barata e eficiente, isso não é verdade. A pele humana possui características diferentes, sendo mais fina. Dessa forma, um hidratante corporal vai apenas deixar o couro com aspecto engordurado. Sem contar que será um ambiente excelente para cultivar bactérias e fungos. 

O que seu banco precisa, na verdade, é de um produto de qualidade e específico para esse fim. E não precisa se preocupar, há marcas com preços entre 5 e 90 reais, sendo,  portanto, bastante acessível.

Na hora de fazer a compra, procure por hidratantes mais líquidos. A textura vai permitir que você consiga espalhar mais facilmente. Além disso, fique atento ao aroma escolhido. Um cheiro muito intenso ou enjoativo será incômodo ao longo do tempo. Ainda que o odor se dissipe naturalmente, pode demorar alguns dias. 

Como fazer a hidratação de couro automotivo

A aplicação do hidratante é simples, mas exige alguns cuidados. O primeiro é não colocar o produto diretamente no couro. O ideal é colocar uma quantidade equivalente a uma colher de chá em uma flanela e então passar no banco. Faça movimentos circulares, sem fazer muita força. Após 40 minutos, use um pano seco para retirar os excessos. 

Se o banco estiver com aspecto muito sujo, a dica é deixar o carro no sol antes de iniciar a limpeza. O calor vai abrir os poros do tecido, facilitando o processo.

É importante, porém, não demorar tempo demais entre as aplicações. A hidratação de couro deve ser feita, no mínimo, duas vezes por ano. Dependendo do automóvel e tipo de uso, o procedimento precisa ser realizado a cada 2 meses.

Ainda que seja negligenciado por grande parte dos motoristas, o cuidado com o couro automotivo é essencial para o automóvel. Além de deixar um aspecto mais brilhante, a hidratação vai proteger do sol e aumentar a durabilidade dos bancos. 

Você costuma cuidar da parte interna do seu carro com o mesmo carinho que cuida da lataria? Deixe um comentário contando como são seus cuidados com os bancos e hidratação de couro do seu automóvel!

tags: Hidratação de couro


Comentários: