Maio Amarelo: uma oportunidade para conscientizar os motoristas da sua frota! - XMultas Blog

Em um aspecto mais amplo, o Maio Amarelo tem como objetivo mudar a forma como a sociedade encara a mobilidade e conscientizar sobre a importância de reduzir as mortes no trânsito. Trazendo para a realidade da sua empresa, essa é uma oportunidade única para educar os motoristas e incentivá-los a aderir à causa, tornando-se mais responsáveis na condução dos veículos e evitando prejuízos para o negócio.

Para tanto, é necessário entender o movimento e as principais falhas humanas que ele pretende combater. Exatamente por isso, neste artigo abordaremos esses assuntos e mostraremos tudo o que você precisa saber para aproveitar o Maio Amarelo. Então, siga com a leitura e veja como mudar a cultura na sua empresa!

Afinal, o que é o Maio Amarelo?

O Movimento Maio Amarelo teve a sua primeira edição em 2014, motivado pelo documento elaborado pela ONU (Organização das Nações Unidas) que definiu o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”.

Se voltarmos mais um pouco, esse documento baseou-se em uma pesquisa de 2009 desenvolvida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) que alertava para as 1.3 milhões de mortes ocasionadas por acidentes de trânsito naquele ano — tomando como análise 178 países.

Para tornar mais claro esse número, ele aponta que 3.000 pessoas morriam a cada dia nas vias e estradas. E isso representava a nona maior causa de vidas perdidas no mundo.

Assim, o Maio Amarelo surgiu como um movimento de conscientização para chamar atenção da sociedade e tentar frear — em todos os sentidos  — esses dados alarmantes. Os números, por si só, já são um ótimo argumento para mudar a percepção dos motoristas da sua frota. Mas precisamos aprofundar mais no assunto e entender quais são as atitudes que mais geram acidentes.

Quais são as principais causas de acidentes de trânsito?

No tópico anterior, falamos sobre números globais para os acidentes de trânsito. Agora, vamos apresentar os cinco principais motivos de mortes nas vias do Brasil, que são eles:

  • transitar em alta velocidade;
  • fazer ultrapassagens indevidas;
  • dirigir sob efeito de bebidas alcoólicas;
  • conduzir sem o cinto de segurança;
  • usar o celular ao volante.

Cabe ressaltarmos que todas essas atitudes, além de colocar em risco a vida de passageiros e pedestres, podem acarretar multas para a sua empresa. Ao ultrapassar o limite de velocidade em mais de 50% do permitido para a via, por exemplo, o motorista comete uma infração gravíssima, que resulta em 7 pontos na CNH (o máximo permitido é de 20 pontos) e em multa de R$ 880,41. Portanto, é fundamental reduzir a incidência dessas infrações em sua frota — no próximo tópico, veja algumas dicas para isso.

Quais atitudes devem ser tomadas para evitar multas e acidentes?

O responsável pela frota deve instruir seus motoristas para evitar acidentes e multas, afinal, a empresa também é responsabilizada por elas. Assim, veja essas dicas para ter uma visão mais ampla dos problemas na frota e conscientizar seus colaboradores:

Por fim, o Maio Amarelo deve ser utilizado como uma forma de criar uma nova cultura na sua empresa. E o foco deve estar na condução responsável e que traga benefícios para a frota e para a sociedade como um todo.

E você, gostou deste texto? Então compartilhe nas suas redes sociais para inspirar mais pessoas a aderirem à causa!

tags: maio amarelo, segurança no trânsito


Comentários: