Motor fundido: saiba o que fazer e conheça 4 dicas certeiras para evitar esse aborrecimento! - XMultas Blog

Nada é pior para um motorista do que a certeza de um motor fundido em seu carro. A boa notícia, porém, que essa é uma situação não tão comum e que só depende de você. Com atitudes e cuidados adequados, dá para prevenir esse problemão. Mas será que você está fazendo tudo certo?

Quando alguma peça essencial para o funcionamento do automóvel estraga, derrete ou se funde a outras, o motor trava completamente. Esse tipo de dano é causado por diferentes motivos, no entanto, sempre esbarra na falta de manutenção preventiva. 

E é sobre o que fazer para que o motor não chegue a esse ponto que vamos falar a seguir! Confira nossas dicas! 

1. Troque o óleo regularmente

Você segue os prazos de troca de óleo à risca? Ou fica prometendo que logo vai fazer isso e adia o máximo que puder para evitar despesas? Se a sua resposta for a segunda opção, você está negligenciando um dos mais importantes procedimentos para o funcionamento do seu carro. 

A lubrificação é indispensável para que os componentes metálicos do motor não entrem em atrito. Os desgastes mais comuns costumam acontecer ao dar a partida, pois se trata do momento em que o motor costuma trabalhar a seco, por assim dizer. Imagine, então, se essa ausência de fluidez acontecer durante o trajeto. Aumenta-se muito o risco de problemas irreversíveis. 

2. Utilize combustível de boa qualidade

A alta nos preços dos combustíveis pode criar uma armadilha para quem deseja economizar. Postos com valores muito atrativos podem não oferecer produtos de alta qualidade. O resultado é que uma gasolina adulterada, por exemplo, compromete a desempenho do motor.

Você deve estar pensando que esse comprometimento não será tão grave assim. O risco, no entanto, é a longo prazo. Uma pequena peça que seja negligenciada tem o poder de prejudicar o motor como um todo. 

3. Realize a troca de filtros 

A recomendação padrão é de trocar os filtros de ar a cada 10km. Entretanto, para pessoas que transitam em estradas de terra, esse limite deve ser menor, já que há mais exposição a impurezas.

Quando o filtro do motor não está em boa qualidade, o ar que entra pelo coletor de admissão não chega limpo à câmara de combustão. O rendimento fica então prejudicado, com mais consumo de combustível. Além disso, ocorre um desgaste prematuro de peças internas. 

4. Faça manutenções preventivas para evitar um motor fundido

Mesmo os motoristas apaixonados por carros não costumam ter o hábito de fazer revisões preventivas. Geralmente, só se procura um profissional quando algo já está errado. E muito errado, em alguns casos.

Uma luz acesa no painel passa meses sem a devida atenção. É só quando o motor começa a falhar que surge a preocupação. Entretanto, mesmo que fosse algo simples, o tempo sem manutenção faz com que se torne mais complicado, podendo virar uma bola de neve. 

O motor fundido é fruto, principalmente, de descuidos. Contudo, se você ficar atento e não adiar a resolução de pequenos problemas, consegue evitar esse transtorno. Com dicas simples, é possível tanto prevenir a fundição do veículo como economizar. 

Agora que você já está mais preparado para cuidar do seu carro, compartilhe esse artigo e ajude mais gente a saber o que fazer para manter o automóvel em dia!

tags: Motor fundido


Comentários: