O que fazer ao receber uma multa por evasão de pedágio mesmo usando a tag eletrônica? - XMultas Blog

As tags eletrônicas são perfeitas para quem não quer perder tempo enfrentando filas nos pedágios das rodovias. O sistema permite o pagamento automático das taxas, sem que seja necessário ser atendido por um funcionário. O problema é que muitas pessoas estão recebendo multa por evasão de pedágio injustamente.

Imagine o quanto é irritante pagar por um serviço para agilizar a rotina e ainda assim ser multado, sendo obrigado a correr atrás do prejuízo e ainda se estressar? Mas, calma! Você não precisa perder vários dias resolvendo esse problema. Quer entender melhor? Continue a leitura!

Como funcionam as tags eletrônicas?

Antes de partimos para a solução do problema, é importante entender melhor o que são as tags eletrônicas — também chamadas de “transponders” — e como elas funcionam. Trata-se de um sistema eletrônico de coleta de pedágio, que visa proporcionar maior fluidez ao trânsito e facilitar a vida dos motoristas.

Na prática, o condutor deve contratar uma das empresas do segmento e instalar a tag eletrônica, que já vem com adesivo para colar no vidro dianteiro — próximo ao espelho retrovisor interno. O sistema funciona como um rádio transmissor que se comunica com a cancela da rodovia e faz o pagamento automático da taxa. O valor é descontado na hora e a passagem é liberada.

O serviço também funciona em estacionamentos, evitando, novamente, enfrentar filas e esperar muito tempo. No Brasil, há três empresas principais que comercializam as tags:

A vantagem do transponder, como se pode imaginar, é a praticidade e agilidade nas rodovias. Não é raro vermos pedágios com filas quilométricas, com horas de espera, principalmente em feriados prolongados. Com uma tag, esse problema não existe. Sem contar que nunca mais você vai precisar procurar moedas nos bancos do carro para inteirar o valor.

Se existe uma desvantagem neste serviço é o pagamento da mensalidade para as empresas. Mas, por outro lado, muitas delas oferecem descontos em postos de gasolinas, o que pode acabar compensando. Há também o problema das infrações, que vamos falar a seguir.

Como ocorre infração por evasão de pedágio?

Embora, na teoria, as tags eletrônicas sejam bem vantajosas, inúmeros motoristas têm relatado que estão recebendo multa por evasão de pedágio, mesmo quando o valor da taxa é descontado da conta. Para se ter uma ideia, o site Reclame Aqui já conta com centenas de contestações do tipo.

As reclamações são compreensíveis, afinal, ninguém quer ser autuado injustamente. Evasão de pedágio é considerada infração grave, o que pode gerar multa de R$ 195,23 e ainda registrar 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Então, o que fazer quando isso acontece? Veja a seguir.

Como recorrer da multa por evasão de pedágio?

Você foi autuado indevidamente e é claro que não quer pagar por isso. Mas como solucionar essa questão de forma prática e sem se estressar? Você deve recorrer da multa. Mas, calma! Embora seja um processo burocrático, dá para amenizar a situação ao realizar o procedimento em apenas cinco minutos por meio da plataforma do XMultas.

Graças ao serviço automatizado, você resolve todo o trâmite em três passos. É só fazer o cadastro, completar os dados e imprimir o recurso para levar ao órgão de trânsito autuador.  Contudo, não se esqueça de ficar atento ao prazo para recurso.

E então? Aprendeu a como agir se levar uma multa por evasão de pedágio enquanto usa a tag eletrônica? Embora seja uma situação chata, é possível resolver de forma rápida e prática, com menos burocracia, graças à plataforma de recursos.

Levou uma multa injusta por evasão de pedágio? Então prepare seu recurso agora mesmo com o XMultas!

tags: Multa por evasão de pedágio, tag eletrônica, transponder, Sem Parar, Conectcar.


Comentários: