Conheça os valores e os riscos da multa por excesso de passageiro - XMultas Blog

Transportar mais passageiros do que o limite permitido acontece muito na saída de festas ou reuniões familiares. É uma forma de não deixar ninguém para trás e dar uma ajuda aos amigos. No entanto, além da possibilidade de receber multa por excesso de passageiro, o motorista ainda coloca a segurança de todos em risco.

Esse tipo de penalização acontece porque o desrespeito às regras faz com que alguém seja transportado sem o cinto de segurança, já que os veículos comuns têm apenas cinco dispositivos. Sendo assim, a ideia do “aperta que cabe” pode resolver a situação momentânea, mas gera dores de cabeça no futuro. 

Quer saber o tamanho do prejuízo e os riscos de trafegar dessa maneira? Acompanhe a leitura: 

Quais as penalizações e a multa por excesso de passageiro?

Dois artigos abordam a questão na legislação de trânsito. O primeiro é o nº 100 que diz que nenhum veículo pode transitar com lotação de passageiros ou peso bruto superior ao fixado pelo fabricante. Essa informação consta no manual do automóvel e o número de ocupantes também está no CRLV.

Já o artigo 231, fala sobre as penalidades incluídas na violação. Quem desrespeitar as regras arca com infração média, no valor de R$ 130,16. Além disso, são 4 pontos na carteira e risco de apreensão do veículo. Ou seja, além da penalização já esperada, o motorista ainda precisa correr para recuperar o carro o quanto antes.

Quais os riscos de transportar mais passageiros do que o permitido?

Apesar de alguns veículos serem mais espaçosos e até permitirem um passageiro extra, salvar vidas é o ponto mais importante. Afinal, com uma pessoa a menos usando o cinto de segurança, aumentam as possibilidades de morte em caso de uma colisão, pois a vítima pode ser arremessada para fora do carro.

O excesso de passageiros também afeta o desempenho do motorista, já que mexe com a distribuição de peso dentro do veículo. Sem contar que todos os testes apresentados pelas montadoras não prevêem o excesso de carga. Por isso, não há como garantir o correto funcionamento do eixo e das rodas com tripulantes além da capacidade.

Quem fiscaliza esse tipo de infração?

A multa por excesso de passageiro pode ser aplicada por diversas frentes de fiscalização. Entre as principais estão a Polícia Rodoviária Federal, os agentes de trânsito nas esferas estaduais ou municipais e Policiais Militares. Todos eles podem parar o veículo, aplicar a penalidade e realizar a apreensão. A regra também vale para as motos ou para o transporte incorreto de passageiros na carroceria de veículos de carga.

Receber a multa por excesso de passageiro pesa no bolso, acrescenta pontos na CNH, prejudica a estabilidade do veículo e ainda expõe pessoas ao risco. Se preciso, gaste um pouco mais com táxi, carro de aplicativo ou passagem de ônibus. Na hora pode até parecer exagero, mas priorizar segurança é sempre a decisão correta. 

A melhor forma de não pagar multas é não ser autuado. Por isso, confira nosso post com dicas fundamentais para evitar as multas de trânsito!

tags: multa por excesso de passageiro


Comentários: