Multa por manobra perigosa: conheça os valores, riscos para a CNH e como recorrer! - XMultas Blog

A multa por manobra perigosa é pouco conhecida entre os motoristas. Apesar de existir um consenso geral de que se arriscar dessa maneira traz problemas junto aos órgãos de trânsito, quase ninguém sabe explicar como funciona a regra na prática.

Mas, não se preocupe! Se você faz parte do time que tem dúvidas sobre assunto, é preciso conhecer melhor o que diz a lei para evitar as consequências que o ato impensado pode causar. Dessa maneira, se torna muito mais simples preservar a boa conduta ao volante e evitar surpresas desagradáveis no bolso.

Ficou interessado? Neste artigo vamos explicar detalhes sobre a infração de manobra perigosa. Continue com a leitura!

O que configura a multa por manobra perigosa?

Antes de tudo, é preciso que você entenda o que causa a multa por manobra perigosa. De acordo com o Artigo 175, a infração acontece quando o motorista utiliza-se de veículo para demonstrar manobra perigosa mediante derrapagem, frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus e arrancada brusca.

Diante de definições tão abrangentes, muitos condutores ficam inseguros de que uma simples acelerada mais forte seja interpretada como uma violação das regras de trânsito. No entanto, o que faz a diferença na visão do agente fiscalizador é se a manobra levou perigo ao tráfego ou foi apenas um descuido pontual ao volante.

Qual a diferença para a arrancada brusca?

Outro ponto que costuma causar bastante confusão é a diferença entre manobra perigosa e arrancada brusca. Tenha em mente que a legislação considera a arrancada brusca como infração quando ela acontece de maneira proposital e causa riscos à segurança no entorno.

Na prática, trata-se do famoso “cantar pneus” em alta velocidade após ficar parado em um semáforo. Já a manobra perigosa é resultado de uma movimentação indevida de forma intencional com o veículo.

Entre os principais exemplos estão o cavalo de pau, mudar de direção rapidamente sem sinalizar e qualquer outro tipo de movimento brusco que possa causar acidentes graves ou atrapalhar o desempenho dos motoristas na via.

Quais as consequências ao motorista?

A multa por manobra perigosa é multiplicada em 10 vezes por ser considerada uma infração gravíssima. Ou seja, do valor original da taxa (R$ 293, 97), o órgão de trânsito cobra o total de R$ 2.934, 70. Além disso, ainda existe a suspensão do direito de dirigir que varia entre 6 meses e 1 ano como penalidade.

O pior de tudo é que se você cometer essa violação 2 vezes no período de 12 meses, sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) será cassada. Com isso, o condutor perde definitivamente a permissão de dirigir por 2 anos e precisa se habilitar novamente ao término da punição.

Como recorrer da penalidade?

O primeiro passo para recorrer de uma multa é saber que o infrator possui esse direito assegurado por lei — mesmo que se considere culpado. No caso de uma penalidade gravíssima, como a infração por manobra perigosa, a situação não é diferente.

Você pode apresentar defesa em até três instâncias dentro de um prazo de 30 dias desde o recebimento da notificação. No entanto, todo esse processo costuma ser muito burocrático e a melhor forma de otimizá-lo envolve contar com a ajuda de um aplicativo de multas e documentos que prepara um recurso completo em apenas 5 minutos.

Isso mesmo! Com auxílio da inteligência artificial, a sua defesa será rápida, prática e completamente segura. Sem contar que, 40% dos recursos apresentados recebem parecer favorável. Ou seja: as suas chances de receber um parecer positivo são muito boas.

Pronto! Agora você já sabe como funciona a multa por manobra perigosa. O mais importante é se conscientizar dos prejuízos que um ato impensado ao volante pode trazer. Diante da possibilidade de anular todos os seus direitos como motorista, os cuidados devem ser redobrados para preservar a segurança e não comprometer o orçamento. Além disso, apresente um recurso sempre que receber a multa. Esse é um direito do motorista!

Gostou do conteúdo? Compreendeu a importância de se defender de multa para não perder o direito de dirigir? Então faça agora mesmo um recurso com o XMultas.

tags: Multa por manobra perigosa


Comentários: