Saiba agora mesmo se você é um péssimo motorista! - XMultas Blog

Como é seu comportamento no trânsito? Alguém já disse que você é um péssimo motorista? Chegou a hora de descobrir se isso é verdade ou não!

É natural passar por alguma dificuldade ou cometer algum deslize ao dirigir. No entanto, essa não pode ser a regra. Nem sempre é fácil admitir que suas habilidades não são tão boas quanto você imagina, mas se trata de uma oportunidade de melhorar.

E para te ajudar a ser um motorista melhor, reunimos uma lista de péssimos hábitos ao volante. Confira a seguir e descubra se você apresenta algum deles! 

Você estaciona usando o espaço de dois carros

Tudo bem se você não for infalível na baliza. É provável até que não saiba que existem alguns passos simples que ajudam a parar o carro do jeito correto. Agora, nada justifica simplesmente estacionar o carro do jeito que der, ocupando mais do que uma vaga.

Não importa se é inexperiência, falta de atenção ou pressa, essa atitude te torna um péssimo motorista, sim. 

Você não respeita as vagas de estacionamento especial

Mesmo que seja por 30 segundos, as vagas especiais têm uma razão de existir e um público bem definido. Logo, se você não está no grupo dos idosos, deficientes físicos, autistas ou grávidas, não pode usar os espaços reservados.

Talvez você esteja pensando que esse hábito não traz riscos ao trânsito, mas é uma imensa falta de educação e empatia. Sem contar que causa multa gravíssima, com 7 pontos na carteira. 

Você interpreta as leis de trânsito como melhor lhe convêm

Nenhum sinal é mais desrespeitado na estrada do que as faixas contínuas. Muitos motoristas tendem a interpretar a lei de acordo com o que mais lhe convêm no momento.

Entretanto, a verdade é que mesmo que você considere super seguro, fazer uma ultrapassagem proibida é perigoso. Além de colocar a si mesmo em risco, esse tipo de motorista coloca outros em perigo. Respeitar as placas literalmente é indispensável.

E, não! “Proibido estacionar”, definitivamente, não significa que dá pra parar por alguns minutos com o alerta ligado. 

Você não usa a seta sempre

Há cerca de um século, os Fuscas ganharam a chamada seta bananinha para indicar que o condutor ia mudar de faixa. Desde então, a tecnologia avançou e as luzes indicativas se tornaram mais eficientes ainda. E cabe ao motorista usar e abusar desse recurso, garantindo assim a segurança no trânsito.

Mesmo que seja uma mudança rápida de faixa, a seta serve para informar outros automóveis e pedestres sobre o que está prestes a acontecer. Se trata de uma oportunidade para evitar acidentes e deslocamentos coincidentes. 

Você acelera ao ver o sinal amarelo

Toda a sinalização de tráfego foi desenvolvida de forma comprovadamente eficiente. Semáforos são colocados em locais estratégicos e precisam ser respeitados. A luz amarela, por exemplo, existe para carros já em transição, fazendo a travessia. Quando você acelera ao ver a luz, é como se estivesse apostando em um resultado incerto. 

Dependendo do cruzamento, acelerar não vai garantir a passagem antes do sinal fechar. Da mesma forma, talvez você tenha que frear em cima da faixa. Isso coloca tanto outros motoristas quanto pedestres em risco. Faça sempre o mais responsável e desacelere quando perceber que o sinaleiro está fechando. 

Você não deixa as mãos (corretamente) no volante

Braço esquerdo na janela, mão direita na marcha. Nenhum desses hábitos está relacionado ao um motorista bem preparado. Quando você não está fazendo qualquer alteração de marcha, a mão permanece no volante. E não precisa nem dizer que o braço não pode ficar para fora do vidro.

Outro ponto importante é que existe uma forma correta para o posicionamento das mãos. A posição de “15 para as 3”, lembrando o relógio, é a ideal para que o motorista tenha mobilidade adequada. Manter o pé na embreagem também é um erro na direção.

Você não consegue manter o ritmo na subida

Terror dos testes de direção, o ritmo na subida depende de conhecimento do uso da marcha correta. Muitos condutores tentam subir apenas no embalo, sem recorrer tanto ao acelerador e, quando percebem, o carro perde velocidade até quase parar. 

Se você percebe que aquela fila se formando atrás do seu veículo sempre que está dirigindo em um aclive, está na hora de rever sua forma de conduzir. 

Você usa o celular enquanto dirige

Um dos grandes vilões do trânsito, o celular tira muito mais a atenção do que se imagina. Por mais experiente e confiante que seja o motorista, esse hábito significa um aumento de 400% no risco de acidentes. A verdade é que um único segundo pode ser fatal.

Um estudo feito pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária revelou que responder uma mensagem com o carro a 80km/h é quase uma roleta russa. De acordo com a pesquisa, ficar 4,5 segundos olhando o celular é o equivalente a dirigir pela extensão de um campo de futebol inteiro de olhos fechados. É indispensável evitar manobras perigosas como essa.

Você cuida demais ou de menos da sua conduta

A direção defensiva é uma forma de garantir sua segurança. É por isso que existem parâmetros importantes como distância entre veículos, luzes acesas durante a chuva e dicas ao passar por alagamentos. Contudo, esse cuidado precisa ser equilibrado.

Ser confiante demais ao dirigir leva a condutas arriscadas, com possibilidade de acidentes e multas. Da mesma forma, aquele motorista que conduz o carro muito lentamente numa via rápida, por exemplo, está agindo também de forma errada. O equilíbrio é essencial para que o trânsito flua adequadamente. 

Para encerrar, vale reforçar que atitudes erradas além da direção também te fazem um péssimo motorista. Jogar lixo na rua, andar com música muito alta em locais proibidos e ter um comportamento agressivo atrás do volante comprometem a sua qualidade no trânsito. 

Felizmente, com alguns cuidados simples, é possível melhorar seu desempenho e, principalmente, sua segurança ao dirigir. Por mais que seja difícil admitir que está errado, aceitar seus defeitos como motorista vai te ajudar a se sair melhor nas ruas. 

Reconheceu algum erro dessa lista? Acha que faltou citar alguma coisa importante? Deixe seu comentário falando sobre o que acha pior em um motorista!

tags: Péssimo motorista


Comentários: