Produto frágil: 5 dicas de manuseio e transporte para evitar perdas - XMultas Blog

Enviar produto frágil representa um verdadeiro desafio de logística para muitas empresas, concorda? De fato, por mais que você seja cuidadoso com os detalhes, pode ter problemas inesperados em algumas situações. Isso representa, consequentemente, atrasos no transporte das cargas ou até prateleiras vazias.

Sem contar que quando uma mercadoria chega ao consumidor com avarias, a imagem do negócio fica arranhada. Logo, é indispensável criar um planejamento adequado para investir em estratégias que tornem o processo de manuseio adequado e eficiente durante todo o trajeto, não importa o destino.

Confira 5 dicas indispensáveis para garantir que esse envio seja o melhor possível. Boa leitura!

1. Escolha embalagens adequadas e resistentes

Investir em embalagens deve ser uma regra em qualquer empresa. Afinal de contas, de nada adianta transportar um produto frágil que não vai chegar inteiro ao destino. O melhor caminho, nesse caso, está em buscar por caixas de papelão com gramatura alta que são mais resistentes. Além disso, vale considerar o tamanho de cada caixa com a intenção de encontrar a padronização perfeita. 

Quando as embalagens possuem dimensões semelhantes é simples garantir que sejam bem acomodadas no caminhão. Conforme o produto é marcado, também é possível considerar até mesmo embalagens de madeira. Embora possam custar mais caro, se trata de um investimento sustentável, já que podem ser reaproveitadas. 

2. Coloque indicações de “carga ou produto frágil”

Nunca é demais avisar que um item precisa ser manuseado com cuidado. A verdade é que indicações específicas fazem muita diferença na rotina de trabalho. Considere, por exemplo, uma carga com peças de vidro. Não basta apenas indicar que se trata de algo frágil. É importante incluir um indicativo de material quebrável. 

Dependendo da fragilidade, um mero toque abrupto já é capaz de causar avarias. Assim, incluir avisos contribui para que quem manuseia a carga tenha uma noção exata dos cuidados essenciais e tomem as melhores decisões. 

3. Abuse da tecnologia

Enquanto o plástico bolha ainda é essencial em muitos serviços, outros dispositivos tecnológicos começam a se destacar no mercado. Tenha em mente que embalagens mais eficientes e com menos produção de resíduos tendem a se popularizar nos próximos anos. E é importante ficar de olho em todas as evoluções.

Outra forma de aproveitar a tecnologia no transporte de produto frágil é por meio de um aplicativo de rastreamento. Dessa forma, você vai saber se o transporte está seguindo a velocidade ideal e os prazos estão dentro do cronograma estipulado. Essas informações vão te ajudar tanto a melhorar as embalagens quanto ter certeza que contratou o melhor serviço.

4. Contrate transportadoras especializadas

Uma transportadora experiente sabe que produtos frágeis precisam ser colocados em cima de outros mais resistentes. Também apresenta uma cartilha de como amenizar impactos com a inclusão de paletes entre caixas, por exemplo. Esse conhecimento representa um investimento na qualidade da entrega.

Para ter certeza de que sua carga está bem cuidada, transportadoras especializadas são a melhor opção. Busque por empresas que conheçam bem o seu nicho e tenham capacidade de lidar com a demanda. Afinal, improvisar com parceiras que não estejam preparadas aumenta as chances de prejuízos e perdas.

5. Tenha atenção com as regras de segurança 

Embora não exista um protocolo que funcione em todos os tipos de produtos frágeis, algumas regras interessantes precisam ser seguidas. Para bebidas, por exemplo, a dica é sempre colocar as garrafas mais pesadas por baixo. 

A altura da pilha deve ser de, no máximo, 1,80 de altura com uma tonelada de peso acumulado. Para o envio de maquinário, por outro lado, é importante cuidar também do risco de entrada de umidade se o transporte for feito em dias de chuva. A embalagem tem que ser bem estruturada com almofadas de proteção entre as peças. 

Pronto! Agora você já sabe como manusear e transportar produto frágil. Antes de tudo, é imprescindível prever os riscos de acordo com as mercadorias enviadas, pois cada situação demanda atenção especial aos detalhes. Só assim será possível garantir a integridade do item e zelar pela imagem da empresa. 

Gostou das dicas? Aproveite para seguir nosso LinkedIn, Facebook, Twitter e Instagram para ficar por dentro de informações que ajudam na dinâmica de trabalho.

tags: Produto frágil


Comentários: