Saiba como tirar segunda via do CRLV em caso de perda, roubo ou rasura - XMultas Blog

O licenciamento é condição obrigatória para circulação de veículos no território nacional, sendo necessário ao motorista portar documento que comprove sua quitação. Além dos furtos que (infelizmente) se tornaram comuns, até os mais cuidadosos podem esquecer ou rasurar o documento sem intenção.

Por isso, em caso de roubo ou perda, é importante solicitar a segunda via do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) o quanto antes. Com a medida, você evita multa e apreensão do veículo, deixa a papelada do automóvel em dia e fica com a cabeça tranquila para viajar ou transitar pela cidade.

Se está passando pelo problema ou quer descobrir como agir caso um dia isso aconteça, confira nosso guia a seguir.

Veja as condições obrigatórias para emissão da segunda via do CRLV

Antes de solicitar a emissão do documento, é preciso verificar se existe alguma pendência com débitos veiculares — como IPVA, seguro DPVAT, multas etc. Com esses impostos e taxas pagas, efetue a quitação do licenciamento do ano em exercício, mesmo que ainda não tenha vencido o prazo.

O carro também não pode ter nenhuma medida judicial ou administrativa em aberto, registro de furto, bloqueios em ações judiciais ou apreensão por irregularidades. Uma vez que estas exigências foram atendidas, é hora de reunir os documentos exigidos pelo Detran para prosseguir.

Reúna os documentos necessários

Cada Estado possui autonomia em relação aos procedimentos adotados para reemissão do certificado de licenciamento. Entretanto, os documentos exigidos por eles são praticamente os mesmos. Confira:

  • original e cópia do CRV — emitido após o primeiro emplacamento;
  • original e cópia do CPF e RG — ou outro documento de identificação com foto;
  • declaração de extravio — em caso de perda do CRLV;  
  • boletim de ocorrência — para furto ou roubo;
  • documento de licenciamento — nos casos de rasura ou má conservação;
  • procuração — se o pedido for feito por alguém que não seja proprietário do veículo;
  • contrato social e cartão do CNPJ — para carros registrados em nome de empresa.

Vale ressaltar que a emissão do boletim de ocorrência (B.O.), ainda que não seja obrigatória em caso de perda ou extravio, é uma medida de precaução para o proprietário e condutor do veículo, protegendo-o sobre o uso indevido do CRLV ou fraude com utilização dos seus dados em qualquer situação.

Conheça o passo a passo para solicitação

Com o número do Renavam em mãos, efetue o pagamento da taxa de emissão de segunda via do CRLV em qualquer agência bancária. Em São Paulo, o valor para pagamento é R$29,18, mas esse número varia de acordo com o Estado.

Uma vez reunido os documentos, compareça a uma unidade do Detran ou postos credenciados para atendimento. Alguns órgãos permitem o agendamento do serviço por internet ou telefone, para evitar a espera e longas filas.

Agora que você já fez a solicitação, basta aguardar a confecção do documento e retirá-lo no mesmo local onde foi emitido. O CRLV é entregue ao proprietário do veículo ou familiar (desde que comprove o parentesco próximo), procurador ou representante legal (em caso de pessoa jurídica).

Saiba como facilitar o processo

Com a correria da vida, pode faltar disposição para organizar todo o processo. Algumas pessoas precisam solicitar algumas horas ao chefe ou até mesmo perder dias de trabalho para dar entrada e retirar o documento depois de pronto. Falta tempo também para pesquisar por profissionais confiáveis para delegar a tarefa.

Muitos optam por ter um sistema ou aplicativo que reúna todas as informações veiculares em um só lugar. Com eles, bastam alguns cliques no celular para obter uma lista dos melhores despachantes (de acordo com a localização), como proceder em caso de multa, resolver problemas da CNH e acompanhar as principais informações e serviços que mantenham a burocracia veicular sob controle.

Solicitar a segunda via do CRLV não é tão complicado quanto parece. Basta manter seu veículo sem débitos ou pendências, reunir os documentos necessários e partir para a solicitação. E, com uma ajuda da tecnologia, o processo pode ser ainda mais fácil.

Agora que você aprendeu a lidar com mais esse contratempo da vida sobre rodas, baixe o APP XMultas pelo Google Play ou App Store e fique por dentro de tudo que acontece com seu automóvel e CNH ou até mesmo para encontrar um despachante para tirar a segunda via do CRLV!

Crédito de imagem: Agência Brasília

tags: segunda via do CRLV


Comentários: