Afinal, que tipo de motorista é você? Descubra agora! - XMultas Blog

O tipo de motorista que você é diz muito sobre suas atitudes no dia a dia. Pode até não parecer, mas a conduta no trânsito funciona como um reflexo da personalidade de cada pessoa. Em uma situação de risco, por exemplo, as reações surgem de maneira inesperada e podem interferir diretamente na segurança dos outros condutores.

Pensando nisso, a London School of Economics and Political Science (LSE), em parceria com a Goodyear, realizou um estudo sobre psicologia social para conhecer a fundo os perfis ao volante. Os resultados mostram de forma descontraída como suas emoções se tornam predominantes na hora de guiar um carro.

Quer saber mais sobre o assunto? Vamos mostrar as características encontradas e como esses motoristas impactam o tráfego. Acompanhe:

Sabichão

Todo mundo conhece um motorista que pensa estar um degrau acima por ter mais experiência ao volante. Esse perfil costuma reclamar de tudo, mas se preocupa com segurança e deixa sempre o vidro levantado — ou seja, reclama para si ou para quem o acompanha dentro do carro, sem externar com quem o “atrapalha”.

Em sua opinião, os outros condutores são incompetentes e os pedestres distraídos. É o típico dono da razão que não permite nenhuma posição contrária. Ao se envolver em um acidente, protege seus direitos com unhas e dentes por acreditar que consegue resolver o impasse sem nenhuma ajuda.

Professor

Como um verdadeiro educador, sua principal função é ensinar as regras de trânsito enquanto está ao volante. Espera agradecimentos o tempo inteiro por compartilhar seus valiosos conhecimentos — como uma espécie de caridade que pode mudar o mundo.

Entre suas habilidades, estão: mostrar a sinalização correta, corrigir a postura dos outros veículos, alertar sobre infrações e reclamar sobre a falta de atenção dos pedestres.

Competidor

Sabe aquele motorista apaixonado por velocidade que parece ter saído de um teste da Fórmula 1? Então, esse perfil se encaixa perfeitamente com as ações do competidor. Em sua cabeça, ele está sempre em uma disputa com os outros carros e fica irritado quando enfrenta engarrafamentos por não conseguir demonstrar seu potencial.

Evasivo

Esse condutor inventa qualquer desculpa para não prestar atenção no trânsito. É como se dentro do carro existisse um universo paralelo com ligações ao celular, música alta e conversas animadas entre os passageiros.

Poucas pessoas conseguem identificar, mas funciona como uma estratégia para evitar as frustrações ao volante. Com isso, depois de um dia cheio no trabalho, dirigir se torna uma experiência relaxante na medida do possível.

Carrasco

Fazer justiça com o próprio carro é o lema do condutor carrasco. Gosta de ensinar aos outros que existem limites na base da reclamação. Caso presencie alguma discussão entre motoristas, certamente, vai descer do veículo para participar e defender um dos lados. Sabe que esse comportamento pode causar situações de risco pelo excesso de multas que recebe, mas acredita ser uma figura indispensável para garantir a educação no trânsito.

Desencanado

Nada é capaz de irritar esse motorista. Nem mesmo o trânsito parado ou uma fechada inesperada tira o semblante de tranquilidade do seu rosto enquanto dirige. Não se preocupa com os erros dos outros e deixa de lado até suas próprias imprudências. No fundo, ele sabe que tanta calmaria pode trazer problemas. Porém, prefere ignorar e seguir firme no objetivo de chegar ao destino sem nenhum estresse.

Filósofo 

Uma simples volta de carro se transforma em uma profunda análise psicológica da postura dos outros motoristas. Sua direção é voltada ao questionamento na busca de encontrar justificativas em acontecimentos do universo. Caso seja ultrapassado de forma perigosa, reflete sobre os motivos de ter enfrentado uma situação de risco. Tudo pode ser explicado pela energia do momento, já que nada acontece por acaso.

Conseguiu descobrir qual tipo de motorista você é? Essa autoanálise se transforma em um exercício bastante divertido para melhorar sua educação no trânsito sem deixar de lado a segurança. O grande segredo está em aprender a lidar com o comportamento inesperado dos outros condutores e evitar que situações estressantes interfiram em seu desempenho ao volante.

Gostou das informações deste artigo? Então compartilhe nas redes sociais para que seus amigos descubram seu perfil no trânsito.

tags: tipo de motorista


Comentários: