Transporte de carga: conheça os 4 erros mais comuns nas empresas - XMultas Blog

Só quem trabalha com transporte de carga conhece as dificuldades de organizar o setor. De fato, qualquer tipo de erro compromete o processo logístico e impacta os resultados da empresa. Mas você já deve saber disso na teoria, não é mesmo? A principal dificuldade está, justamente, em descobrir como tornar o operacional mais eficiente na prática.

O primeiro passo deve ser encontrar os erros cometidos diante da pressão que as frotas costumam sofrer por preços mais baixos e rapidez no transporte. Diante desse cenário, as mudanças só se tornam significativas quando o serviço gira em torno de um planejamento centralizado na experiência do cliente.

Quer saber mais? Vamos mostrar 4 falhas frequentes ao transportar cargas que reduzem os lucros. Acompanhe:

1. Ignorar o planejamento no transporte de carga

Uma empresa sem planejamento enfrenta dificuldades em fechar o caixa no final do mês. Dessa forma, quando se trata da estratégia de transporte, deixar que as coisas aconteçam de qualquer jeito é um erro imperdoável. Isso porque sem o suporte adequado, os motoristas não conseguem cumprir os prazos e comprometem a imagem do negócio na visão dos clientes.

A solução está em reorganizar o cronograma para otimizar o processo com base em pesquisas de dados. Por isso, tenha cuidado na hora de incluir cada etapa — desde os pedidos internos até os custos atrelados ao trabalho de modo geral. Esse tipo de análise faz muita diferença no resultado, já que potencializa o plano de ação com o objetivo de garantir a eficiência operacional.

2. Esquecer as pesquisas de mercado

Por mais que sua empresa esteja ativa há bastante tempo, deixar de lado as novidades do mercado reduz os índices de competitividade. Afinal, com tantos avanços tecnológicos disponíveis, uma ferramenta considerada novidade pode se tornar obsoleta rapidamente.

Sendo assim, você precisa manter uma rotina de estudos sobre o segmento de atuação e, especialmente, as novidades da concorrência. Um dos assuntos que deve ser observado com frequência é a logística 4.0.

Essa técnica mostra formas modernas de mudar o conceito operacional no transporte de cargas. Claro que, na função de gestor, fica praticamente impossível se dedicar às pesquisas por muito tempo. Entretanto, saiba que ficar atualizado envolve também participar de cursos, acompanhar conteúdo online e avaliar os feedbacks.

3. Acumular multas de trânsito

Para ter um cronograma de serviços eficiente, a burocracia da frota precisa ser acompanhada. O problema é que com tantos afazeres no comando de uma empresa, as multas de trânsito costumam se acumular. Em função disso, as dívidas logo interferem em outros setores e comprometem o desempenho em longo prazo.

O melhor caminho, nesse caso, é usar a tecnologia de uma plataforma de monitoramento para avaliar as infrações, as pendências junto aos órgãos de trânsito e outras questões administrativas. Escolha um sistema dinâmico focado em evitar custos desnecessários. Só assim será possível arrumar primeiro a casa antes de investir em crescimento.

4. Cometer falhas no treinamento da equipe

De nada adianta ter um estrutura completa se os motoristas não estiverem bem treinados. Tenha em mente que conhecer a fundo todo o processo operacional é fundamental na entrega de números positivos. Por isso, identifique os problemas de sua equipe com base nos dados coletados para criar um treinamento direcionado.

Ao lidar com as demandas de uma frota, obviamente, uma série de dúvidas costumam surgir. O grande segredo está em mostrar como cumprir as etapas do transporte de carga e encarar imprevistos com inteligência. Em pouco tempo, os reflexos se destacam no faturamento mensal e na mudança de hábitos ao volante.

Pronto! Agora você já conhece os principais erros no transporte de carga. Lembre-se que a tecnologia aliada ao sistema logístico representa um verdadeiro divisor de águas no serviço oferecido. O motivo é a capacidade de mensurar com exatidão os resultados apresentados e otimizar as tarefas internas. Com isso, em pouco tempo, sua empresa se transforma em uma grande referência no mercado especializado.

Gostou das informações deste artigo? Aprendeu técnicas novas para o transporte de carga? Então compartilhe nas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro.

tags: Transporte de carga


Comentários: