Validade dos pneus: por que acompanhar e como instruir os motoristas da frota? - XMultas Blog

Você sabe qual é o prazo validade dos pneus da sua frota? Embora muitos motoristas não tenham conhecimento, eles não devem ser trocados apenas quando ficam carecas, mas também antes de vencerem.

Os pneus velhos ou desgastados perdem suas características e ficam bem mais frágeis. Logo, oferecem uma série de riscos no trânsito. Isso sem contar que rodar com eles em mau estado de conservação expõe a frota a multas de trânsito.

Nesse sentido, é muito importante que os gestores de frota orientem os motoristas sobre a checagem das condições do veículo. E é isso que ensinaremos a seguir. Confira!

Por que os pneus têm validade?

Comidas e remédios perdem a validade porque deixam de serem adequados para o consumo após o prazo determinado pelo fabricante, não é mesmo? A lógica de validade dos pneus é a mesma: após cinco anos da fabricação, o objeto não oferece mais a segurança esperada.

Tenha em mente que os pneus são compostos por uma série de tipos de borrachas. Por isso eles começam a se deteriorar por diversos fatores, como:

  • muito tempo de uso;
  • variações de temperatura;
  • variações de ambiente
  • manter o carro parado por longos períodos.

Mas, não se engane! Esteticamente ele ainda pode estar perfeito, principalmente se foi pouco usado. Entretanto, isso não dispensa a troca.

A esta altura você pode estar se perguntando quais as consequências de não trocá-los no período indicado. Nós explicamos: um pneu velho perde a capacidade de aderência, e fica muito mais propenso a derrapagens, sobretudo em pista molhada.

Além disso, com o passar do tempo o aro de borracha tende a ressecar, o que aumenta as chances de estouros e o esfarelamento da banda de rodagem, podendo provocar também furos, bolhas e acidentes. Além de todos esses riscos, trafegar com os pneus em más condições pode render multa — falaremos disso mais adiante.

Como identificar a validade dos pneus?

Provavelmente você já deve ter visto anúncios de carros usados com destaque para a permanência dos pneus originais, mesmo depois de cinco anos de uso. Embora à primeira vista eles pareçam perfeitos — em caso de pouco uso —, provavelmente não estarão em boas condições.

Por isso, apenas avaliar a estética do aro de borracha não é o método correto. Muitas pessoas não sabem, mas a data de fabricação vem impressa nele. Trata-se de uma série de números escritos após a sigla DOT, que significa “Department of Transportation”, ou, em português, “Departamento dos Transportes”.

Atente-se, principalmente, para os últimos quatro algarismos da sequência: os dois primeiros indicam a semana; e os dois últimos o ano de fabricação. Por exemplo, se seu pneu vier com os números 2218, significa que foi produzido na 22ª semana de 2018.

Pelo cálculo de cinco anos de validade, ele pode ser utilizado tranquilamente até a 22ª semana de 2023. O limite máximo aceitável é de seis anos de uso, levando em conta, claro, seu estado de conservação.

O que diz a lei?

Não existe um texto específico no Código de Trânsito Brasileiro que fale sobre validade dos pneus, mas o artigo número 230 considera infração grave conduzir veículos em mau estado de conservação.

O que isso significa? Que ao ser pego dirigindo com pneus velhos ou mal conservados, o motorista pode ser multado e perder cinco pontos na carteira. Além disso, a taxa a ser paga é de R$195,23 — havendo possibilidade de recurso.

Aqui vão mais duas dicas extras: tenha muita atenção na hora de comprar um jogo de pneus. Alguns vendedores acabam oferecendo produtos já próximos do vencimento. Além disso, não se esqueça de trocar o estepe. Mesmo sendo menos usado, também não pode passar do prazo de validade.

Viu como é importante se atentar para o prazo de validade dos pneus? Além de comprometer a segurança de todos os envolvidos no trânsito, andar com eles em mau estado pode render multa para o seu negócio. Exatamente por isso é importante instruir corretamente os motoristas da frota.

Gostou deste conteúdo? Então, que tal compartilhar este post nas suas redes sociais e dividir a informação com seus amigos?

tags: validade dos pneus


Comentários: